Ilda Maria Costa Brasil, Celeiro da Alma

"Sonhar é acordar-se para dentro." Mario Quintana

Meu Diário
11/04/2021 13h57
Biografia (Quadra)

 

Tua biografia está muito trabalhada;

no entanto, nem tudo tem sido rosas.

"Tens a face nas sombras mergulhada..."

Ansioso por ações esplendorosas.


Publicado por Ilda Maria Costa Brasil em 11/04/2021 às 13h57
 
11/04/2021 13h55
A partida (Quadra)

 

Tua partida, por mim, era temida;

dias e noites pensando no futuro.

"Nem é mais a existência, resumida";

é um trilhar amor em que me aventuro.


Publicado por Ilda Maria Costa Brasil em 11/04/2021 às 13h55
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
11/04/2021 13h51
Ser e agir (Quadra)

 

Saudades afloram no coração.

Ser e agir comentaram desencontros 

em tons vocais de comandos de contros.

"Lágrimas tristes da recordação."


Publicado por Ilda Maria Costa Brasil em 11/04/2021 às 13h51
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
11/04/2021 13h49
Magia (Quadra)

 

Feliz meu fascínio a todos perpasso.

Aqui, tudo exala elegância e charme,

"Inda o corpo a sentir quebrado e lasso."

Que a beleza do cenário me aprume!


Publicado por Ilda Maria Costa Brasil em 11/04/2021 às 13h49
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
11/04/2021 13h46
Caminhos... (Quadra)

 

"Da branca neve, e da vermelha rosa",

caminhos do coração são transpostos;

para novo poema, ideia primorosa.

Todos os saberes, nele são postos.


Publicado por Ilda Maria Costa Brasil em 11/04/2021 às 13h46
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 2 de 224 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras